RSS

quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

ABUNDÂNCIA ESPIRITUAL




esus nos ensinou a amar, e sobretudo os nossos inimigos, mas ele também nos ensinou a obedecer. Ele mais do que qualquer ser humano poderia ter questionado a Deus, ao ponto de não aceitar morrer por nós, mas ele buscou saber qual era a vontade do Pai em tudo, e, em todos os momentos em que viveu entre nós, e quando foi preso e crucificado estava , mais uma vez, cumprindo a vontade do Pai, sem questionamentos , sem lógica, sem razão. Só o fiel pode desfrutar de abundância espiritual.
Quem questiona a Deus não reconhece a sua autoridade, passa as atitudes de Deus pelo crivo dos nossos valores corrompidos pelo pecado. Consideramos que devemos desfrutar da bondade de Deus e não da sua justiça, nos consideramos tão bons, ao ponto de vermos Deus tão bom quanto nós somos, um Deus impossível de proferir juízo e morte. Esquecemos que Ele sonda o coração e a mente do ser humano e sabe de ante- mão todos os nossos atos. Esquecemos também que somos maus, e não há um justo sequer, até a nossa justiça vem dele, porque se não aceitamos Jesus como Salvador não somos justificados por ele e se não nos arrependermos e pedirmos perdão, abandonando as praticas erradas, também não seremos perdoados por ele. Vamos ser honesto e olharmos bem lá no fundo de nós mesmo e vermos a nossa necessidade de conversão diária e genuína

2 comentários:

VIDA NO ESPÍRITO disse...

Verdadeiramente, as nossas justiças sõa como trapos de imundícias, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus mediante Jesus Cristo. Que Deus te abençoe ricamente.

Um abraço. Isaias Barbosa

www.conformandoacristo.blogspot.com

PROFETIZANDO A PALAVRA disse...

A paz Irmã

Que Deus te abençoe e continue lhe usando através deste blog.

Uilson Camilo